scroll

Focada em ajudar restaurantes e pequenos negócios na digitalização de suas ofertas, a OlaClick, sistema de pedidos online para vendas diretas entre o restaurante e seus clientes, já recebeu investimento de US$ 2,3 milhões em sua primeira rodada e segue crescendo em ritmo acelerado no Brasil.

A startup surgiu há quase dois anos no ápice da pandemia do coronavírus com o propósito de auxiliar os pequenos empreendedores nos sistemas de entrega delivery. O projeto foi criado por quatro amigos que viram como restaurantes estavam tendo dificuldades durante a migração para aplicativos e vendas online com um grande desafio para manterem seus negócios funcionando e seu sustento durante um período de lockdown.

De forma gratuita, a companhia disponibilizou sua plataforma para restaurantes e, hoje, conta 15 milhões de usuários únicos, 3,5 milhões de pedidos concluídos e 55 mil restaurantes, mais de 300 embaixadores em mais de 20 países. No Brasil, um dos mercados estratégicos para OlaClick, já conta com mais de 20 mil restaurantes cadastrados e 2 milhões de visitas mensais.

Não queremos competir com os grandes aplicativos de delivery. O OlaClick será gratuito para sempre e a nossa estratégia é oferecer assinaturas de planos premium pagos com um serviço ainda mais personalizado aos restaurantes, desenvolvido com o feedback da comunidade”, explica o cofundador da OlaClick, José Rico.

Tudo isso chamou atenção dos investidores. Em sua primeira rodada de investimentos, a OlaClick captou US$ 2,3 milhões, incluindo o aporte da Y Combinator – aceleradora que aposta em empresas como Airbnb, Rappi, Reddit, Coinbase e Twitch. No momento a empresa está finalizando uma segunda rodada e números devem ser divulgados em breve.

A startup terminou o 2021 quadruplicando sua presença na América Latina. Hoje, conta com mais de 35 mil restaurantes na região, 20 mil cadastrados no Brasil. A meta é dobrar este número até julho de 2022 e lançar um serviço premium, além do gratuito, para melhorar ainda mais a experiência de seus usuários.

Queremos auxiliar os pequenos empreendedores a economizar tempo no recebimento de pedidos, gerenciar seu próprio negócio e entender melhor as preferências de seus clientes para crescer de forma profissional, digital e sustentável”, destaca Rico, que tem ao seu lado como cofundador da startup Ulysse Lichtle.

A meta agora é lançar uma versão com mais opções de personalização para seus clientes, o OlaClick Premium, mas permanecerá disponível a plataforma também no modelo gratuito. A ideia é aprimorar ainda mais a experiência dos usuários, permitindo automatizar a gestão de pedidos, venda e entrega, além de gerenciar campanhas de marketing e fidelização.

O objetivo, assim, é oferecer uma consultoria para os processos essenciais ao funcionamento dos estabelecimentos, tais como gestão de redes sociais, logística, estoque, financeiro e melhorias no UX (User Experience). No entanto, o serviço permanecerá sem a cobrança de comissão por entrega, como ocorre com outros aplicativos.

Vemos o Brasil como um mercado muito importante para nosso crescimento. Os pequenos e médios empreendedores ainda sentem os impactos da pandemia e da recessão econômica e muitos viram no delivery uma forma de manter sua renda. Eles precisam mais do que nunca de soluções em tecnologia que acelerem sua jornada de transformação digital e nossa plataforma completa, ágil e simples auxilia os restaurantes a entender melhor seus dados e qualificar seu serviço”, avalia Rico.