scroll

“Foi um momento incrível”. As palavras do cofundador e CEO do Melhor Envio, Éder Medeiros, resumem a sensação do empreendedor ao concluir o negócio mais importante da vida da startup que ele criou em Pelotas, no interior do Rio Grande do Sul, e que agora faz parte da Locaweb, um dos maiores grupos de e-commerce do Brasil.

A Locaweb adquiriu 100% do Melhor Envio por R$ 83 milhões, uma transação que envolveu os fundadores – Bruno Centurião, Éder Medeiros e Maurício Mesquita – o fundador Jean Quadro, já fora da operação desde 2018, o fundo Bossa Nova e o Hub de Inovação Ace. Os empreendedores ainda poderão ter direito a receber earnout, que está vinculado ao atingimento de metas estipuladas pelo grupo.

“Essa aquisição foi um grande validador para nós. Trata-se de uma empresa da capital aberto, listada na bolsa de valores e que vale muito no mercado. Os executivos do grupo compartilham uma visão parecida com a nossa de trabalharmos juntos para fortalecer o e-commerce nacional”, destaca Medeiros.

Fundado em 2015, o Melhor Envio oferece uma plataforma de logística que conecta pequenos e médios vendedores às principais transportadoras e empresas de logísticas do Brasil. Tudo isso sem a necessidade de negociar contratos individuais, otimizando, assim, a gestão da logística. Pela plataforma, é possível cotar fretes simultaneamente em diversas transportadoras, contratar on-line o serviço de envio e rastreá-lo de forma inteligente, acompanhando a movimentação do pacote até a chegada ao destinatário. 

Sem mensalidades, ou qualquer limite mínimo de envios, os lojistas têm acesso a preços diferenciados e extremamente competitivos e pagam apenas pelos envios realizados utilizando a plataforma. A startup fechou 2019 com uma receita líquida de R$ 8 milhões e, no ano passado, ultrapassou os R$ 30 milhões, com mais de 7 milhões de envios pagos e quase 100 mil clientes ativos na base.

Os sócios fundadores do Melhor Envio permanecerão na operação, e o time de colaboradores será mantido. A expectativa é unir forças com todas as demais unidades de negócios que oferecem soluções para e-commerce da Locaweb. 

“A liberdade que a gente terá é algo muito importante. O Melhor Envio continua a mesma empresa, com o mesmo produto e a mesma gestão, mas com a grande diferença de agora que teremos acesso a muito mais capital financeiro e intelectual do que antes”, reforça o empreendedor. 

A aquisição de 100% das cotas participação do Melhor Envio, eleita a melhor logística em e-commerce de 2020 do Brasil segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm), foi o quinto movimento de M&A da Locaweb depois do IPO. 

“A logística é um elo extremamente importante no ciclo de compras e estávamos avaliando algumas empresas desse segmento há bastante tempo. Depois de muitas conversas com os empreendedores e de conhecermos em detalhes a solução, tivemos a certeza que o Melhor Envio era a melhor opção para a Locaweb”, comenta o CEO da Locaweb, Fernando Cirne. A meta da startup agora é investir em novas iniciativas para tornar o dia a dia dos lojistas mais eficiente. 

Medeiros destaca o efeito que esse tipo de negócio tem no ecossistema de inovação gaúcho. Por um lado, avalia que essa aquisição fortalece tudo que está sendo feito, na medida em que, ao validar que existe um mercado de saída (exit) para os investidores, incentiva a entrada de novos players dispostos a aportar recursos nas startups. 

Além disso, evidencia novas possibilidades aos empreendedores. “O Melhor Envio já era uma referência em Pelotas e na região e agora, com essa exposição intensificada, mais empreendedores poderão olhar para a nossa história. Quando eu comecei, há seis anos, prestava muita atenção para as referências de sucesso do mundo de inovação. Agora, essa nova geração também poderá se inspirar com o nosso case”, acredita.